O compromisso do software monografis  orientar um TCC é definitivo: não se pode abandonar o aluno quando o processo já está começando. Mas existem sempre situações em que o orientador está geograficamente distante do aluno. Hoje em dia, graças à internet e outras tecnologias de comunicação, todos os problemas causados por esse distanciamento podem ser facilmente contornados,tenha mais informações aqui

As dicas que seguem abaixo tem foco em ajudar principalmente orientadores de ensino à distância ou que se veem obrigados a se ausentar de seus campus por longos períodos, mas algumas das dicas podem ser úteis para casos de reuniões remotas ocasionais, quando a ausência do professor será por menor tempo.

Faça anotações sobre o que já foi feito

Um passo importante para a orientação é manter um registro com os avanços dos alunos. Quando o orientador não pode se encontrar com o aluno, o ideal é usar arquivos que possam ser editados simultaneamente pelos dois para traçar metas de avanço dentro do projeto de TCC e controlar o que já foi feito.

Isso porque a distância dificulta a troca de documentos físicos que demonstram o avanço do trabalho. Mantendo um documento digital exclusivamente para o controle do que já foi realizado com o aluno, o orientador tem mais tranquilidade para prosseguir.

Mantenha o contato com o aluno constante

Uma das maiores dificuldades da orientação à distância é a cobrança do aluno com relação ao desenvolvimento do trabalho. Em geral, os orientadores com experiência em tutorar um TCC à distância reclamam constantemente de que os alunos não cumprem os prazos combinados. Infelizmente, esse é um problema de difícil solução. Felizmente, existem ferramentas para isso.

Talvez a melhor forma de manter o aluno com os olhos no TCC é fazer constantemente contato com o aluno. Hoje em dia, os canais são muitos. É possível fazer reuniões por Skype, Facetime ou pelo Messenger do Facebook, mandar mensagens e audios pelo Whatsapp. Mas a ferramenta mais útil é também a mais antiga: o e-mail.

Quando o contato com o aluno é constante por e-mail, é costume enviar um correio eletrônico pedindo ao aluno que confirme as datas combinadas de entrega. É também possível nos dias de hoje se deixar agendado o envio de e-mails que lembrem o aluno dos prazos. O ideal é já agendar os envios todos de uma vez logo que as datas forem confirmadas, evitando assim ter que voltar a se preocupar com o assunto.

Faça a correção como se o TCC fosse físico

Quando a troca de arquivos é constantemente realizada online existe um impulso para que o orientador corrija os trabalhos diretamente no computador. Você deve resistir a esses impulsos para a revisão final.

Faça uma cópia impressa do arquivo e a leia fazendo anotações com caneta e lápis. Depois de ter feito duas revisões (uma rápida e uma aprofundada), releia as anotações e a transforme num mini-relatório para explicar ao aluno o que é preciso mudar. Dessa forma é mais improvável que algo escape do escrutínio do orientador.

Cuidado com o plágio

Existe uma cultura do plágio muito forte entre os alunos que realizam TCC. Em geral, isso acontece por descuido ou por falta de tempo. Os alunos que começaram a trabalhar em suas monografias com antecedência têm menos propensão a simplesmente copiarem os escritos de outro pesquisador do que aqueles que deixaram tudo para a última hora.

É trabalho do orientador lembrar constantemente o aluno da importância da originalidade do texto. Para isso, a dica mais simples é indicar ao seu orientando apenas autores e textos sobre os quais você tenha conhecimentos aprofundados, podendo reconhecer com maior facilidade os plágios. Outra dica é a utilização de um dos programas anti-plágio disponíveis no mercado.

Consiga ajuda para esclarecer as dúvidas

É muito comum que os alunos escolham autores ou mesmo assuntos sobre os quais não possuam um grande domínio como base para seus TCCs. Numa orientação geograficamente próxima, existe a possibilidade do aluno sentar com o orientador para discutir o tema até que entenda o que é necessário.

Nas orientações à distância, entretanto, isso é dificultado. Uma possível forma de lidar com esse problema é colocar em contato todos os alunos que estejam realizando trabalhos que tenham temas próximos ou relacionados ou mesmo que possuam apenas um ou dois autores em comum na bibliografia. Dessa forma eles podem se auxiliar, o que diminui os problemas geográficos.

Outra forma de lidar com a questão é passar material extra sobre os assuntos e autores utilizados. Com alguns textos a mais que ajudem o aluno a compreender o assunto, torna-se mais fácil <a href=”//saiadacriseagora.com/monografis-2-0-orientador-de-tcc/”>monografis 2.0</a> evitar que os problemas de compreensão surjam apenas na revisão, o que daria início a um longo e exaustivo processo de correção. Esse conteúdo não precisa entrar no referencial teórico do TCC, apenas servir de esclarecimento.

aulas violão

Aulas Violão

opções binárias

Opções Binárias